sábado, 08 de maio de 2021
Terça Livre TV
BRASIL PARALELO
Política

Esquerda protagoniza ato contra Bolsonaro em Manaus

02 junho 2020 - 16h20

Na tarde desta terça feira (02/06) militantes compostos principalmente de estudantes e professores, realizaram uma manifestação contra o Governo Bolsonaro. A passeata percorreu um trecho da avenida Djalma Batista até chegar ou Plaza Shopping.

A concentração teve inicio por volta das 14 horas e contou com a participação de ao menos 1.500 pessoas, que seguiram descendo a Djalma até chegar a frente do Plaza Shopping, onde teve seu ato final com gritos contra o Presidente Bolsonaro. Durante a caminhada os manifestantes fizeram paradas para encenar alguns atos que simbolizavam o contexto de sua pauta “democrática” segundo os organizadores.

Na primeira parada um ator simbolizou o racismo relembrando o polêmico caso de um infrator negro preso nos EUA essa semana, que veio a óbito após sua prisão. Antes da segunda parada o grupo iniciou gritos com os dizeres “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*!”. Já no segundo ato configuraram um militar atirando contra um negro, como se fosse assassino. Após, gritos de “os militares são assassinos” foram proferidos na presença da Polícia Militar do Amazonas. Os manifestantes trajados de roupas pretas e máscaras, também gritaram frases como “fora, bolsonaro”, “machistas não passarão” e “Bolsonaro é miliciano”.

O momento mais tenso da manifestação foi quando, além de mancharem de vermelho e rasgarem a bandeira do Brasil, tentaram queimá-la! No momento policiais impediram e o autor da tentativa jogou a garrafa com conteúdo inflamável contra policial e se misturou na multidão. Contudo, apesar do alvoroço dos manifestantes, a polícia militar agiu de forma responsável e garantiu a ordem.