quinta, 06 de maio de 2021
Terça Livre TV
Conservadores
Manaus

David Almeida - o sofrimento de um candidato que perdeu a sua mãezinha às vésperas da votação do 2º turno de 2020 em Manaus.

28 novembro 2020 - 16h49Por Serafim Taveira

O candidato a prefeito da cidade de Manaus David Almeida divulgou no início da tarde deste sábado, 28 de novembro de 2020, um vídeo no qual apelava aos manauaras que orassem pela sua mãe, a Dona Rosa Almeida de 84 anos que estava internada no Hospital Adventista de Manaus, vítima da Covid-19. Importa relatar que era visível a carga emotiva do candidato que afirmou, "não peço mais o voto de ninguém, só peço as suas orações pela saúde da minha mãe. A situação agravou! muito difícil! Aonde os médicos não podem; aonde a medicina não pode; o hospital, tratamento, Deus o pode, minha mãe está nas mãos de Deus e é em Deus que nós confiamos", em seguida, encerra dizendo "tudo o que eu quero é a minha mãe".

A notícia posterior foi colhida na fã page do candidato no facebook há menos de duas horas: "A todos que oraram; minha gratidão. Minha mãe, dona Rosa Almeida, acaba de descansar no Senhor. Deus levou a minha Rosa para colorir o jardim da vida".

Vivemos em um momento de extrema polarização na política nacional e local, mas também um momento no qual alguns seres humanos mostram que das duas opções uma é verdadeira, esqueceram-se da essência do ser humano ou nunca tiveram a essência do ser humano. As redes sociais ficaram carregadas de mensagens de pesar ao candidato e família do candidato David Almeida, além de outras mensagens que nem merecem ser reproduzidas, mas que denotam um profundo desrespeito em relação à dor de quem perdeu um familiar, a mãe, a Rosa da sua vida e quem sabe o seu referencial. Lembrando que há pouco menos de um ano o candidato David Almeida perdeu a sua esposa e por isso alguns diziam que ele nem concorreria mais. Está concorrendo e teve uma semana bem atribulada depois dos vazamentos dos áudios gravados nos bastidores do último debate no qual ele participou com o candidato Amazonino Mendes que diante da notícia do falecimento da Dona Rosa Almeida, suspendeu imediatamente toda a agenda e ações externas da campanha em homenagem a mãe do candidato David Almeida.

O candidato Amazonino Mendes decidiu como um sábio e experiente mestre da política amazonense e dá uma lição em todos que dizem que ele busca o poder pelo poder sem pestanejar. O candidato Amazonino Mendes nos dá o segundo motivo para pensar depois que ocorreu o questionamento em relação a sua idade e possibilidades de ser o gestor que sempre foi em vista do seu histórico de saúde; ele se mostra um sábio por dar vazão ao sentimento de humanidade que está nas suas ações.


Amazonino Mendes

O eleitor que estava acompanhando as pesquisas sabe que algumas davam ampla vitória ao candidato David Almeida e outras ao candidato Amazonino Mendes, mas só as urnas é que dirão a verdade sobre a vontade do povo, mas acredito que a dor de um ser humano ainda tem o poder de atrair as atenções de muitos brasileiros, pois, se não fosse assim, muitos programas de tv nem existiriam.

A postura de ambos os candidatos a partir desta tarde servirá para mostrar o que cada um tem na sua essência e ao candidato David Almeida, neste momento, resta à chance de ser o mestre da própria dor e com serenidade buscar passar por este momento de sofrimento, pois o domínio das emoções ou a exposição sincera das emoções poderá resultar em uma vitória, apesar de toda a dor que está passando. Ele viverá esta ruptura e desaceleração em um triste momento de reflexão em silêncio e os eleitores acompanharão os próximos passos de todos.

Existe uma possibilidade muito grande de termos um resultado extremamente diferente das pesquisas e o motivador parece ser a dor do candidato David Almeida, haja vista que alguns indecisos já se mostram mais ligados a David Almeida depois das últimas notícias.

A luta real no pleito em Manaus deve ser aquela que afugentará o voto nulo e o voto em branco já declarado por muitos eleitores que discordam do conteúdo e até mesmo dos candidatos representantes das duas campanhas existentes no segundo turno. Agora, com o devido respeito aos familiares e aos candidatos David Almeida e Amazonino Mendes, o pleito será decidido entre a dor das perdas e a dor de ser taxado de inapto para alguma coisa.

O Jornal O Conservador transmite o sentimento de pesar e deseja boa sorte aos dois candidatos, além de torcer para que a cidade de Manaus seja a vitoriosa ao receber em 2021 um novo prefeito que tenha uma preocupação verdadeira que se transforme em ações efetivas e que as melhorias possam ser realizadas a cada dia dos quatro anos de mandato, sem corrupção, desvios de finalidade no uso da máquina pública municipal e que seja um grande líder íntegro na condução da cidade.