sábado, 08 de maio de 2021
Terça Livre TV
Pró-Monarquia
Política

BOLSONARO PEDE ADIAMENTO DO DIA 15

Bolsonaro pede em rede nacional adiamento da manifestação deste domingo em todo Brasil

13 março 2020 - 01h46Por Jose Luis A Monasterios

A manifestação convocada por ativista pró Governo Bolsonaro para este domingo (15/03) foi adiada em boa parte do Brasil. O ato estava sendo divulgado amplamente e com apoio de diversas figuras políticas e da grande massa bolsonarista. Trata-se de uma resposta aos interesses impróprios expressadas pelo Congresso Nacional.

Nesta quinta (12) o Presidente Jair Bolsonaro realizou uma live em suas redes sociais onde falou da sua possível contaminação e por alguns integrantes da equipe pelo CORONAVÍRUS. Com o aumento dos casos da doença no Brasil as atenções dobraram e a grande preocupação do Governo é não conseguir atender uma demanda significativa na rede pública caso aumentassem o número de pessoas contaminadas. Acompanhado do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, citou alguns pontos importantes da doença contagiosa e sugeriu que os atos programados para o dia 15 de março fossem adiados, pois o risco de uma epidemia saõ grandes no país. "Devemos evitar que haja uma explosão de pessoas infectadas, porque os hospitais não dariam vazão a atender tanta gente. Se o governo não tomar nenhuma providência, o sistema não suporta. E problemas acontecem. Acaba morrendo gente por outro motivo e vão dizer que é o coronavírus. Como presidente da República, tenho que tomar uma posição. Se bem que o movimento não é meu, é espontâneo e popular."

Em entrevista ao Jornal O Conservador, o líder do Movimento Endireita Amazonas, o Economista Felipe Silva, um dos organizadores do ato em Manaus, esclarece o porque do evento ser adiado:

"Gostaríamos muito de continuar o cronograma, pois não é fácil organizar um evento dessa proporção. Contudo, temos que analisar alguns pontos fundamentais.Em primeiro lugar é um evento Pró Bolsonaro e o próprio pediu o adiamento por razões claras e sensatas. Não podemos descartar o alerta do Ministério da Saúde, mesmo que em Manaus não tenhamos nenhum caso confirmado. De repente o evento é realizado e acaba tendo uma pandemia, isso vai na costa de quem? Do Bolsonaro! E não podemos esquecer que o recado ao Congresso foi dado. Com a grande mobilização recuaram e o VETO52 foi mantido. Nós temos que ser cautelosos, pois nossa saúde e de nossos familiares devem ser preservadas."

Ainda de acordo com Silva, existe um alinhamento nacional entre as lideranças dos movimentos de direita e a grande maioria decidiu adiar. "É uma mobilização nacional e não regional. Não faz sentido um ou outro estado realizar esse ato se não em conjunto com o resto do Brasil", concluiu. Outros movimentos também fazem parte da organização manauara, são eles: Movimento Conservador Amazonas, Mulheres Conservadoras Amazonas, Advogados Pró Bolsonaro, Mulheres da Amazônia, Veteranos na Aliança.

Coronavírus

O Ministério da Saúde atualizou, na tarde desta quinta-feira, 12, os números de casos confirmados do novo coronavírus. O balanço aponta 77 pacientes com diagnóstico positivo para o Covid-19.

Além disso, são 1.422 casos suspeitos, que estão sendo monitorados, e 1.163 descartados.

O maior número de casos ainda se concentra no Sudeste, com 59 pacientes nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro Espírito Santos e Minas Gerais. Em seguida, vem a região Sul, com 10 casos localizados no Rio Grande do Sul e no Paraná. Também há casos no DF,  Pernambuco e Alagoas.

Sintomas do novo coronavírus

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado, com febre, tosse e dificuldade para respirar. O Covid-19 pode, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

Prevenção

Os cuidados para reduzir o risco de contrair o coronavírus são básicos e incluem lavar as mãos frequentemente com água e sabão, usar desinfetante à base de álcool e evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

Veja outras dicas:

-Ao tossir ou espirrar é recomendado cobrir a boca e nariz;
-Não tocar mucosas de olhos, nariz e boca de outra pessoa;
-Usar lenço descartável para higiene nasal;
-Não compartilhar objetos de uso pessoal;
-Manter o ambiente ventilado;
-Ao viajar para locais com circulação do vírus tomar cuidado para não entrar em contato com pessoas doentes e animais vivos ou mortos.