sábado, 08 de maio de 2021
Terça Livre TV
Conservadores
Política

Bolsonaristas Homenageiam a bandeira do Brasil em ato Patriótico em Manaus

06 junho 2020 - 16h51Por Fabrizzio Castilho Campos

Neste sábado (06/06) brasileiros patriotas realizaram na avenida Djalma Batista um ato honroso à bandeira nacional, como forma de protesto pela tentativa de desrespeito ao nosso Pendão na última terça por arruaceiros, quando a rasgaram e a mancharam de tinta vermelha. Os manifestantes também fizeram homenagens a Polícia Militar do Amazonas, Grupos Militares e ao Presidente Jair Bolsonaro.

Contando com a presença de aproximadamente 150 pessoas, os organizadores homenagearam com hinos e declarações a PMAM, Militares, Veteranos, CACs e Reservistas como um todo. Ao coro, os participando cantaram o Hino Nacional seguido de salva de palmas.

Em entrevista ao Portal Supremo, o Advogado Paulo Maffioletti do Movimento Advogados Pró Bolsonaro, deixou claro que "o ato é voluntário e patriótico, e não cabe discurso pedindo fechamento do STF, Congresso e volta de AI5. Somos responsáveis e a mídia deve tratar nossos atos de forma verídica e limpa", completou.

 

 

 

 

O líder do Movimento Endireita Amazonas, o Economista Felipe Silva, também concedeu entrevista a nossa equipe. De acordo com o ativista político "as divergências de opiniões sempre vão existir, contudo, devemos ter o respeito a tudo e todos. Infelizmente vimos nossa bandeira ser rasgada e manchada terça feira passada, isso nos causou muita indignação e hoje estamos honrando, dando o devido respeito que ela merece", destacou sobre um dos motivos do evento.

Ainda durante o evento, Sergio Kruke líder do Movimento Conservador Amazonas, destacou que "os verdadeiros anti-fascistas estavam no dia 06 de junho de 1945 invadindo a Itália para lutar contra os fascistas e nazistas durante a 2ª Guerra Mundial. Eles são os verdadeiros e, portanto, merecem o nosso respeito e homenagem".

Concluindo, discursaram representantes do CACs, Veteranos do Exército e das Artes Marciais. Por fim, saldaram novamente a bandeira do Brasil e os militares cantando o hino nacional brasileiro e com uma oração.

 

Fonte: Portal Supremo