sábado, 08 de maio de 2021
Terça Livre TV
Conservadores
Internacional

Refugiados venezuelanos reconhecidos no Brasil

37.467

13 fevereiro 2020 - 21h52Por Jose Luis A Monasterios

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), o número de migrantes, refugiados e requerentes de asilo da Venezuela já é de 4.810.443 pessoas. Esta é a atualização mais recente, de 5 de fevereiro de 2020, relatada pelos governos anfitriões.

E é que a Venezuela enfrenta uma crise humanitária complexa que motivou o fluxo migratório mais importante da história do país. Na Venezuela, os direitos humanos são violados pelo Estado, que não conseguiu resolver o curso da economia e da política.

E enquanto o problema estrutural persistir na Venezuela, dos 4,8 migrantes registrados, apenas 2,3 milhões de venezuelanos no exterior se beneficiaram de permissões de residência ou permanência regular: na Colômbia foram concedidas 641.825, no Peru foram concedidas 594.171 e no Chile outros 472.827.
 
As solicitações de status de refugiado, globalmente, são contadas em 805.099 pessoas com esse status, sendo o Peru (394.195) o país com mais casos, seguido pelo Brasil (129.988), Estados Unidos (108.942) e Espanha (76.401). E o número de venezuelanos reconhecidos como refugiados é de mais de 60.000 pessoas.
«As pessoas continuam a deixar a Venezuela para escapar da violência, insegurança e ameaças, além da falta de alimentos, medicamentos e serviços essenciais. (...) Os eventos políticos, de direitos humanos e socioeconômicos que ocorrem na Venezuela obrigam um número crescente de crianças, mulheres e homens a ir para países vizinhos e além. Muitos chegam assustados, cansados e com extrema necessidade de assistência ”,
 
 
escreve Acnur em seu site oficial.
 
4.810.443 venezuelanos no exterior
Última atualização 05 de fevereiro de 2020