sábado, 08 de maio de 2021
Terça Livre TV
Pró-Monarquia
VENEZUELA

Militares venezuelanos encontrados no Brasil iniciarão pedido de refúgio

O governo brasileiro confirmou que as tropas venezuelanas estavam localizadas no dia anterior em uma reserva indígena

29 dezembro 2019 - 19h38Por Jose Luis A Monasterios
Cinco militares venezuelanos localizados em território brasileiro na quinta-feira, solicitarão refúgio, informou o governo brasileiro no sábado. Segundo o relatório oficial, os militares estavam desarmados e foram levados para Boa Vista, capital de Roraima, para serem entrevistados.
 
A declaração divulgada no sábado pelos setores responsáveis não forneceu outros detalhes, no entanto, a assessoria de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, disse que não tinha conhecimento de nenhuma comunicação formal do regime de Nicolás Maduro sobre o destino desses cinco soldados que Caracas acusa de atentar, contra um batalhão no sul da Venezuela.
 
No ataque, um soldado morreu e seis foram presos, segundo informações oficiais da Venezuela.
 
O governo de Maduro disse que Colômbia, Peru, Equador e Brasil "usam" os militares que deixaram as Forças Armadas da Venezuela e buscam refúgio nesses países para "semear violência, destruição e morte na Venezuela e depois descartá-os".
 
Maduro, em seu ato de saudação no final do ano das Forças Armadas, admitiu ter considerado a possibilidade de violar o território brasileiro para capturar desertores. “Nosso exército chegou à linha (com o Brasil) e viu os atacantes terroristas daquele lado. Tivemos um dilema: entrar e capturá-los e trazê-los ou respeitar a fronteira e a soberania do Brasil, tivemos um dilema porque o terrorismo não tem fronteiras ”, afirmou o governante.
 
 
Em um ato antes dos militares, Maduro admitiu que pensava em violar a soberania brasileira para capturar os cinco militares defensores (AFP)
 
O Ministério das Relações Exteriores do Brasil negou "qualquer participação no episódio".
 
Com informações da EFE e AFP