sábado, 08 de maio de 2021
Terça Livre TV
BRASIL PARALELO
América Latina

Mike Pompeo descarta a relação "inaceitável" de Maduro com o grupo terrorista do Hezbollah

20 janeiro 2020 - 14h37Por Jose Luis A Monasterios
      O secretário de Estado, Mike Pompeo, considerou "inaceitável" a suposta relação entre o regime de Nicolás Maduro e vários grupos terroristas, entre os quais a organização islâmica Hezbollah.
 
      O diplomata disse que a proteção desse tipo de criminoso no território venezuelano não pode ser permitida e que eles trabalham em conjunto com países aliados para combatê-lo.
 
     “Temos que continuar lutando contra o terrorismo. O regime maduro recebe membros de grupos terroristas como ELN, FARC e Hezbollah, por isso estamos aqui apoiando Juan Guaidó ”, afirmou.
 
      Pompeo também parabenizou que nações como Paraguai, Honduras e Guatemala consideravam o Hezbollah como uma organização perigosa que contraria a paz da região.
 
“Nossos aliados no Paraguai também sancionaram o Hezbollah, Honduras e Guatemala também fizeram o mesmo. A Argentina no ano passado congelou os ativos de 14 pessoas. Hoje, os EUA, depois do que ouvimos do presidente Duque e grande aliado, comemoramos que a Colômbia designa o Hezbollah como um grupo terrorista ”, encerrou.
 
Santander, em Bogotá, Colômbia, em 20 de janeiro de 2020
 

VIDEO | Secretario de Estado de Estados Unidos, Mike Pompeo: "El régimen de Irán, con su brazo armado Hezbollah, está en Venezuela. Esto no es aceptable" pic.twitter.com/Gu64gWy7uK— Centro de Comunicación Nacional (@Presidencia_VE) January 20, 2020 ">http://