quinta, 06 de maio de 2021
Terça Livre TV
BRASIL PARALELO
Internacional

Manaus sente abalo de terremoto ocorrido na Guiana

31 janeiro 2021 - 18h06

A Guiana foi abalada perto de Boa Vista, Roraima, por um terremoto de magnitude 5,9 há apenas 51 minutos, informou o Centro Alemão de Pesquisa de Geociências (GFZ).

O terremoto atingiu a profundidade de 10 km abaixo do epicentro perto de Boa Vista, Roraima, Brasil, no início da tarde de domingo, 31 de janeiro de 2021, às 15h05, horário local. Terremotos superficiais são sentidos com mais força do que os mais profundos, pois estão mais próximos da superfície. A magnitude, epicentro e profundidade exatas do terremoto podem ser revisados nas próximas horas ou minutos, conforme os sismólogos revisam os dados e refinam seus cálculos, ou conforme outras agências emitem seus relatórios.

Nosso serviço de monitoramento identificou um segundo relatório do Centro Sismológico Europeu-Mediterrâneo (EMSC), que listou o terremoto de magnitude 5,7.

Com base nos dados sísmicos preliminares, o terremoto não deveria ter causado nenhum dano significativo, mas provavelmente foi sentido por muitas pessoas como uma leve vibração na área do epicentro.

O abalo foi sentido em várias cidades do norte do país. Os moradores de Boa Vista – Roraima, se assustaram com a intensidade do tremor, que foi percebido por diversas pessoas e durou cerca de 8 segundos. O técnico em Edificações Wilson Caldas mora em Boa Vista sentiu o tremor. “Eu estava com minha esposa e dois filhos no quintal de casa, quando senti algo estranho e meu neto que estava brincando na piscina disse que sentiu algo como um leve choque”. Disse Caldas.

O Professor da Universidade Federal de Roraima – UFRR, Jonildo Viana, também nos relatou ter sentido o abalo. “Foi algo parecido com o que senti em 2018, quando aconteceu o terremoto na Venezuela, menos intenso, mas sempre assusta. Como Boa Vista não tem prédios altos, nosso temor é abrandado”. Comentou Viana.

Assustados com o tremor, muitos moradores do condomínio Reserva Morada, localizado no bairro do Aleixo, zona Sul de Manaus, evacuaram o prédio e se refugiaram na rua, com medo de acidentes. O prédio tem duas torres, cada uma com 18 andares. Da mesma forma ocorreu com os moradores do Condomínio Portal da Cidade, localizado na Avenida André Araújo, considerado o ponto mais alto de Manaus.

O morador do Condomínio Portal da Cidade, Reginaldo Andrade, informou que já é a terceira vez que sentiu o tremor no prédio. “Eu estava na sala da minha casa, no décimo andar do prédio, quando percebi que o forro que é de madeira havia rangido, feito um pequeno barulho e o lustre havia balançado. Considerando que não havia vento para tanto, entendi se tratar de um possível tremor. Imediatamente, desci com minha esposa e fui em busca de informações que confirmassem a suspeita. Logo, foi acionado o pedido ao Corpo de Bombeiros para a verificação dos prédios do condomínio. Graças a Deus, nada de grave, mas vamos sugerir providências e precauções às autoridades do Estado e município”. Asseverou Andrade.

A Sargento Bombeiro Militar, Elizabeth Trindade informou à nossa reportagem que  o Centro de Operações Bombeiro Militar (COBOM) recebeu varias ligações de moradores de condomínios, assustados com o ocorrido pelo 193, com maior intensidade  dos seguintes locais: Living  Confort (Dom Pedro), Smille (Cidade Nova),Topázio (Parque Dez),Tiago de Melo (Dom Pedro), Smille ( Ponta Negra), Edifício Napole (Parque Dez) e Prédio Tereza (Adrianópolis).

Terremoto de magnitude 7,3 na Venezuela foi sentido em outros países

O terremoto foi sentido em locais como Manaus, Guiana, Trinidad e Tobago, Barbados e Granada. Em Bogotá, na Colômbia, as autoridades fecharam o aeroporto internacional para inspecionar os danos da pista. Um terremoto de magnitude 7,3 atingiu a costa nordeste da Venezuela e partes do Caribe na noite da terça-feira, 21 de agosto de 2018. Foi o maior tremor a atingir o país desde 1900, segundo o Serviço Geológico dos EUA. Apesar disso, poucos danos foram registrados em razão da profundidade do abalo, de 123 quilômetros, disseram especialistas.

Envie relatórios

“VolcanoDiscovery atualizará automaticamente a magnitude e a profundidade se eles mudarem e acompanhará se outras notícias significativas sobre o terremoto estiverem disponíveis. Se você estiver na área, envie-nos sua experiência por meio de nosso mecanismo de relatório, online ou por meio de nosso aplicativo móvel. Isso nos ajudará a fornecer mais atualizações em primeira mão para qualquer pessoa no mundo que queira saber mais sobre este terremoto”.

Se você esteve ou ainda está nesta área durante o terremoto, ajude outras pessoas com seu feedback e envie um relatório rápido aqui .

Baixe o aplicativo Volcanoes & Earthquakes para obter um dos alertas sísmicos mais rápidos online:

Android | IOS

Dados do terremoto:

Data & hora: 31 de janeiro de 2021 19:05:14 UTC – há 51 minutos

Hora local ao epicentro: domingo, 31 janeiro 2021 15:05 (GMT -4)

Magnitude: 5,6

Profundidade: 10,0 km

Epicentro latitude / longitude: 2,78 ° N / 59,42 ° W ( Upper Takutu-Upper Essequibo Região , Guiana )

Cidades e vilas mais próximas

139 km a E de Boa Vista (Roraima, Brasil) (pop: 235.200) -> ¡Veja sismos próximos!

276 km a SE de Santa Elena (Bolívar, Venezuela) (pop: 29.800) -> ¡Veja sismos próximos!

278 km ao S de Mahdia (Potaro-Siparuni) (população: 4.200) -> ¡Veja sismos próximos!

380 km ao SSO deLinden (Upper Demerara-Berbice) (pop: 44.700) -> ¡Veja sismos próximos!

413 km a SSO de Bartica (Cuyuni-Mazaruni) (pop: 11.200) -> ¡Veja sismos próximos!

428 km ao sul de Skeldon (East Berbice-Corentyne) (pop: 5.860) -> ¡Veja sismos próximos!

440 km ao SSO de Nueva Ámsterdam (East Berbice-Corentyne) ( população : 35.000) -> ¡Veja sismos próximos!

443 km ao sul de Nieuw Nickerie (Suriname) ( população: 13,100 ) -> ¡Veja sismos próximos!

469 km a SSO de Georgetown (Demerara-Mahaica) (pop: 235.000) -> ¡Veja sismos próximos!

571 km a NE de Barcelos (Amazonas, Brasil) (pop: 7.350) -> ¡Veja sismos próximos!

Clima no epicentro no momento do terremoto:

Nuvens dispersas  32,8 ° C (91 F), umidade: 47%, vento: 6 m / s (12 kts) de ENE

Fonte primaria de dados: GFZ (Centro Alemão de Pesquisa de Geociências)

Energia liberada estimada: 1,6 x 10 13 joules (4,4 gigawatts hora, equivalente a 3788 toneladas de TNT ou 0,2 bombas atômicas!).

Medidas preventivas em caso de terremoto

No Japão, os terremotos são extremamente frequentes. Para minimizar os danos causados por um terremoto, é importante que tome as precauções corretas no seu cotidiano.

Resumimos as precauções que deve ter antes e depois de um terremoto.

1. Preparativos

(1) Reforço antissísmico dos prédios

Análise da resistência sísmica do prédio, reforma para reforçar o prédio, fixação dos móveis e similares, uso de filme anti-estilhaço nos vidros, etc.

 

(2) Armazenagem de água, alimentos, etc.

Estocar água e alimentos para mais de três dias. Manter sempre um rádio, lanterna e roupas preparadas.

(3) Participação em treinamentos preventivos

Melhore o relacionamento com os moradores locais e participe dinamicamente dos treinamentos preventivos realizados pela comunidade do bairro e condomínio.

 

(4) Reunião preventiva com a família

Verificar a forma de comunicação e o local de abrigo.

 

2. Referências de reação após um terremoto

(1) 0 2 minutos após o terremoto

Proteger-se
Afastar-se de móveis que podem tombar e esconder-se sob uma mesa ou outro móvel resistente e não sair desesperadamente.

(2) Logo após o terremoto

Prevenir focos de fogo e assegurar uma saída. Fechar o registro de gás e retirar os fios da tomada. Apagar os fogos na fase inicial, mantendo a calma assim que perceber algum foco de incêndio. Abrir portas e janelas para assegurar uma saída de emergência.

 

(3) Três primeiros dias após o terremoto

Verificar a segurança da família e ficar atento para os abalos sísmicos secundários
Não se aproximar de casas semidestruídas. Chamar os vizinhos e dependendo das condições, abrigar-se a pé.

Atividades de extinção de incêndio, resgate e salvamento na vizinhança
Colaborar com as atividades de extinção de incêndio, resgate e salvamento de pessoas machucadas.

Superar a situação.  Usar a água e comida estocada para emergência. Tomar cuidado com boatos e assegurar informações corretas.

(4) A partir do quarto dia após o terremoto

Manutenção e retorno à vida cotidiana

Continuar atento aos abalos sísmicos secundários e coletar informações verídicas e manter-se bem informado. Voltar seus esforços para a restauração.

Nosso compromisso é com você

A equipe do Jornal O Conservador, compreendendo que dentre suas atribuições e missão, estão a paz e o bem-estar social, reitera o compromisso de apresentar às autoridades competentes do Estado do Amazonas e do Município de Manaus; medidas de prevenção a desastres naturais, no caso em tela, de abalos sísmicos, mas também de outros possíveis desastres naturais; para isso, recorrendo à consultoria do Conselho Regional de Engenharia – CREA, Forças Armadas, Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil e consultoria internacional junto ao Consulado do Japão em Manaus; afim de que todas as construções, principalmente de grande porte possam contar com o modelo de construção de países como os Estados Unidos, México e o Japão.