sábado, 08 de maio de 2021
QUEDA DE ELEVADOR

Criança escapa do acidente ao descer pelas escadas

O menino poderia ter se tornado a quinta vítima fatal do acidente, mas no último momento resolveu usar as escadas

31 dezembro 2019 - 09h48Por Fabrício Cavalcante

Santos/SP- "Desci as escadas desesperada quando ouvi o estrondo. Achei que tivesse acontecido algo com meu filho. Mas ele tem medo de elevador e então resolveu descer pelas escadas", esse foi o relato de uma moradora do edifício onde  na noite desta segunda-feira (30) um elevador despencou do nono andar. O fato foi em Santos, no litoral de São Paulo, causando a morte de quatro pessoas da mesma família.

O desabafo é de Luciene Luiz de Narciso, de 45 anos, moradora do 7º andar do prédio onde aconteceu o acidente. Em entrevista nesta terça-feira (31), ela conta que, momentos antes do acidente, o marido e seu filho de sete anos haviam descido para jogar o lixo. "Quando eles estavam saindo, meu filho pediu ao pai para descer de escada, pois tem medo de elevador."

"Assim que o meu marido e meu filho saíram de casa, ouvi o estrondo e desci escadas abaixo, achei que minha família pudesse estar no elevador. Foi um barulho muito grande, parecia com vários móveis caindo de uma vez, até que uma pessoa desceu gritando que o elevador tinha caído", conta Luciene.

A mãe afirma que, ao descer, encontrou o esposo e o filho, no entanto, logo foi surpreendida pelo filho de uma das vítimas do acidente. "Ele havia descido para buscar as visitas e sabia que a mãe estava no elevador, só consegui abraçar e falar pra ele se acalmar. Foi um acidente", finaliza.

O acidente

Um elevador despencou do nono andar de um prédio, na noite desta segunda-feira (30) no bairro Vila Belmiro, em Santos, litoral de São Paulo. Todas as quatro pessoas que estavam na cabine morreram; elas eram da mesma família. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não havia mais ocupantes no interior da cabine no momento do acidente.

Segundo a Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), as vítimas são a esposa e familiares de um suboficial da Marinha.

Conforme apurado pelo O Conservador, a queda do elevador aconteceu em um edifício residencial localizado na Rua Guararapes, no bairro Vila Belmiro, por volta das 20h. Até a última atualização desta reportagem, as causas do acidente ainda não haviam sido divulgadas.

Equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, da Defesa Civil de Santos e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para atender à ocorrência. A perícia também se dirigiu ao local.

De acordo com a Defesa Civil, as vítimas estavam em um elevador de serviço no momento do acidente. A Rua Guararapes foi totalmente interditada por equipes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) de Santos.

Nota da Marinha do Brasil sobre o acidente fatal

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), informa com pesar a ocorrência de acidente com o elevador do Edifício Tiffany, Próprio Nacional Residencial de militares na cidade de Santos, que lamentavelmente vitimou a esposa e mais três familiares de um militar que serve na CPSP.